China avaliaria compra de participação na mineradora BHP--jornal

quarta-feira, 9 de abril de 2008 10:44 BRT
 

Por James Regan

SYDNEY (Reuters) - A China pode estar planejando a compra de mais de nove por cento da BHP Billiton, maior mineradora do mundo, publicou o jornal "The Australian".

A notícia puxou uma alta de 3,7 por cento nas ações da BHP em Sydney nesta quarta-feira. Apesar disso, mais tarde, a ação do grupo listada em Londres chegou a cair mais de 2 por cento depois que uma fonte na administração da gigante siderúrgica chinesa Baosteel informou que não tinha conhecimento de qualquer movimento da empresa com relação à BHP.

A China está iniciando a formulação de um plano para comprar uma fatia da BHP maior que os 9,3 por cento que adquiriu da Rio Tinto por 14 bilhões de dólares em fevereiro, publicou o jornal.

A Baosteel, maior siderúrgica da China, tem sido apontada por operadores em Londres como uma possível compradora de participação na BHP.

"Se a Baosteel tem algum plano (de fazer isso), então eu deveria ter sido informado, mas eu não fui", disse a fonte próxima da alta administração do grupo chinês à Reuters.

Companhias e autoridades chinesas, que tentam garantir oferta de carvão e minério de ferro, são contrários à oferta de 135 bilhões de dólares que a BHP fez pela Rio Tinto . Existe receio de que o grupo combinado terá muito poder na discussão de preços de matérias-primas vitais para a rápida expansão industrial da quarta maior economia do mundo.

"As companhias mineradoras têm muito mais força em negociações com as siderúrgicas", informou Li Xinchuang, vice-presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento da Indústria Siderúrgica da China, acrescentando que várias companhias de produção de aço podem estar se aliando para comprar ações da BHP. "Não podemos excluir essa possibilidade. Deve ser uma das soluções", disse.

O conselho de administração da Rio Tinto rejeitou a oferta da BHP afirmando que a proposta era muito baixa.   Continuação...