June 9, 2008 / 4:36 PM / 9 years ago

AGENDA POLÍTICA-Congresso começa a apurar denúncia da Varig

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - Os desdobramentos das acusações de pressões que teriam sido feitas pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, sobre a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no caso da venda da Varig devem atrair as atenções do Congresso, onde os envolvidos vão prestar depoimento.

A ex-diretora Denise Abreu, autora das denúncias, depõe na Comissão de Infra-Estrutura do Senado na quarta-feira. Também vão prestar esclarecimentos o ex-presidente da Anac, Milton Zuanazzi, o juiz responsável pelo processo de recuperação judicial da Varig, Luiz Roberto Ayoub, e outros membros da agência.

Dilma nega que tenha pressionado a agência reguladora do setor aéreo para favorecer os compradores da VarigLog e da Varig, que são o fundo estrangeiro Matlin Patterson e três empresários brasileiros.

Veja a seguir outros eventos políticos da semana.

Segunda-Feira

-- Reunião ministerial com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai definir as regras de participação da equipe nas eleições municipais de outubro. A alta da inflação e a criação do Fundo Soberano do Brasil também devem estar na pauta. Circula dos bastidores que o projeto de criação do fundo só deve ir ao Congresso depois da votação da nova CPMF.

-- No fim da tarde o presidente sanciona o projeto de lei que altera o Código de Processo Penal e consolida regras para prisão preventiva e adiamento de audiências.

TERÇA-FEIRA

-- O presidente Lula cumpre agenda em São Paulo. Na capital, às 10h, entrega medalhas do mérito Oswaldo Cruz 2008 no teatro da Faculdade de Medicina da USP. Ao meio-dia, participa da abertura da 15a Feira Hospitalar 2008, no Expo Center Norte. Depois viaja a Campinas onde às 15h inaugura o Hospital Ouro Verde.

-- Votação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), a nova CPMF. Prevista para ser votada na quarta-feira passada, foi adiada depois de manobra da oposição que pediu prazo de mais uma sessão para analisar as emendas de plenário. O projeto ainda terá de passar pelo Senado, onde o governo tem margem de manobra menor. Se passar, começa a ser cobrada em janeiro de 2009. Faz parte da regulamentação da Emenda 29, que estabelece gastos mínimos das três esferas de poder com saúde.

-- A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, participa em São Paulo de debate sobre mobilidade urbana promovido pela campanha de Marta Suplicy (PT) à prefeitura.

Quarta-Feira

-- Posse às 12h do novo ministro da Previdência Social, deputado José Pimentel (PT-CE).

-- Denise Abreu, ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) presta depoimento à Comissão de Infra-Estrutura do Senado sobre o caso Varig. Outros envolvidos no tema também devem depor: Milton Zuanazzi, Leur Lomanto e Jorge Veloso, além do ex-procurador-geral da agência reguladora João Ilídio de Lima Filho, do juiz da 1 Vara Empresarial do Rio de Janeiro Luiz Roberto Ayoub e do ex-procurador da Fazenda Manuel Felipe Brandão.

-- O presidente Lula recebe o ex-presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, e oferece jantar ao presidente do Paraguai, Nicanor Duarte Frutos.

Quinta-Feira

-- Lula tem encontro com o economista indiano Muhammad Yunus, prêmio Nobel da paz em 2006 e criado do Grameen Bank, destinado ao microcrédito.

Na Semana

-- Quatro medidas provisórias são prioridade do plenário do Senado, entre elas a que reajustou o salário mínimo a partir de março (Reportagem de Carmen Munari)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below