Boeing atrasa programa de novo jato 787 pela 3a vez

quarta-feira, 9 de abril de 2008 11:51 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Boeing anunciou nesta quarta-feira um terceiro importante atraso no programa do novo jato 787 Dreamliner, citando progresso lendo na montagem e continuação de problemas com fornecedores. A programa está agora 15 meses atrasado em relação ao cronograma.

O atraso era amplamente previsto uma vez que a fabricante norte-americana vem enfrentando redesenhos de sua revolucionária aeronave de compósitos de carbono.

As ações da Boeing, que perderam 30 por cento de valor desde o ano passado por causa das preocupações com o 7887, subiam mais de 3 por cento nesta manhã.

A companhia, que disputa o mercado de aviação com a européia Airbus, adiou o primeiro teste de vôo da nova aeronave em pelo menos três meses e postergou as primeiras entregas em cerca de seis meses para ter mais tempo para resolver os problemas de produção.

A Boeing adiou o primeiro vôo teste do novo avião para o quarto trimestre deste ano. A expectativa inicial era que vôo acontecesse no final de junho. Originalmente, o avião deveria ter voado pela primeira vez em meados do ano passado.

A primeira entrega do 787 é para a All Nippon Airways e acontecerá no terceiro trimestre de 2009, informou a Boeing. A expectativa anterior era que a entrega fosse feita no início do ano que vem.

(Por Bill Rigby)