Emprego industrial tem em julho maior alta desde 2004

terça-feira, 9 de setembro de 2008 09:36 BRT
 

Por Vanessa Stelzer

SÃO PAULO (Reuters) - Acompanhando o crescimento da produção, o emprego na indústria brasileira subiu pelo segundo mês consecutivo e atingiu a maior taxa mensal desde maio de 2004, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.

O emprego aumentou 0,7 por cento em julho ante junho e avançou 2,8 por cento na comparação com igual mês do ano anterior.

A média móvel trimestral, que vinha mostrando estabilidade neste ano, teve alta de 0,4 por cento em julho. "Esse movimento guarda relação com a trajetória de crescimento da produção que, neste mesmo indicador, mostrou aumento de 0,8 por cento entre os trimestres encerrados em maio e junho e acentuou o ritmo de expansão em julho", disse o IBGE em nota.

Na comparação com julho de 2007, houve aumento do emprego em onze das quatorze regiões pesquisadas pelo IBGE, com destaque para São Paulo, Minas Gerais e região Norte e Centro-Oeste.

Entre os setores, o emprego cresceu em 13 dos 18 pesquisados. As principais variações foram registradas em Máquinas e equipamentos, Meios de transporte e Máquinas, aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações.

Nos primeiros sete meses do ano, o emprego na indústria registrou expansão de 2,8 por cento.

A folha de pagamento real dos trabalhadores na indústria cresceu 1,3 por cento mês a mês e 6,9 por cento ante julho de 2007.