Embraer entrega 169 aviões em 2007, recorde histórico

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008 10:25 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer entregou 61 jatos no quarto trimestre e encerrou 2007 com 169 novas aeronaves com seus clientes, número recorde na história da fabricante e dentro da meta estabelecida pela diretoria.

A carteira de pedidos terminou o ano passado com volume recorde de 18,8 bilhões de dólares, segundo comunicado ao mercado nesta quarta-feira.

Em 14 de dezembro, o presidente-executivo da Embraer, Frederico Fleury Curado, havia antecipado que a empresa cumpriria a meta de entregas anual e que a receita nos 12 meses até dezembro ficaria ao redor de 5 bilhões de dólares.

A Embraer ampliou fortemente o quadro de empregados, implementou terceiro turno em sua fábrica e alterou práticas industriais para garantir o calendário de entregas do último exercício fiscal, que foram 30 por cento maiores do que em 2006.

O recorde anterior de entregas era em 2001, com 161 aviões. Naquele ano, a Embraer vinha ampliando com agressividade o ritmo de produção, mas os ataques de 11 de setembro contra os Estados Unidos colocaram a indústria aérea em crise. No ano seguinte, em 2002, as entregas de jatos pela fabricante brasileira caíram para 131 unidades.

A fabricante confirmou sua previsão de entregar em 2008 entre 195 e 200 jatos para os segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva e de Defesa e Governo, mais dez a 15 jatos Phenom 100. Em 2009, a empresa prevê entregar também entre 195 e 200 jatos para os mesmos segmentos, mais 120 a 150 jatos Phenom 100 e Phenom 300.

(Reportagem de Cesar Bianconi)