OI avalia reorganização e compras, não cita BRASIL TEL

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008 12:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A forte oscilação das ações da Oi, antiga Telemar, motivou a holding do grupo de telecomunicações a revelar nesta quarta-feira que estuda uma reorganização acionária e que, além disso, contratou assessoria externa para avaliar oportunidades de aquisição.

O fato relevante da Telemar Participações S.A. segue a notícia publicada na IstoÉ desta semana de que a empresa teria feito oferta de compra da rival Brasil Telecom . A notícia e os rumores de nova tentativa de reestruturação societária do grupo impulsionaram as ações da Oi nos últimos dois dias.

As ações mais líquidas da Oi negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo, as preferenciais da Tele Norte Leste e as da Telemar Norte Leste, acumularam valorização de quase 16 por cento e 10 por cento nesta semana até a terça-feira, respectivamente.

Nesta quarta-feira, antes da abertura da bolsa, a holding Telemar anunciou a intenção de "analisar oportunidades de aquisição de controle de empresas de telefonia celular ou fixa, Internet ou televisão por assinatura, sempre no âmbito do marco regulatório em vigor".

Em fato relevante, a Oi não menciona o nome de nenhum potencial alvo de aquisição e diz que "eventuais desenvolvimentos, se e quando existentes, serão imediatamente comunicados ao mercado".

No início da semana, a Telemar Norte Leste --uma das empresas operacionais da Oi-- divulgou um programa de recompra de ações, dando origem a especulações de que o grupo estaria disposto a tentar mais uma vez ajustar a casa antes da formação de uma grande operadora de telefonia com capital nacional, que vem sendo há tempos defendida pelo governo.

A holding Telemar vem tentando uma reestruturação societária desde abril de 2006, quando apresentou planos de reunir os papéis de empresas do grupo em uma única ação que seria listada no Novo Mercado. Os acionistas não aprovaram o projeto como ele foi modelado.

No ano passado, foram feitas novas tentativas --sem sucesso-- de reorganização da Oi, com ofertas de aquisição da totalidade das ações preferenciais da Tele Norte Leste e da Telemar Norte Leste.

Às 12h21, as preferenciais da Tele Norte Leste subiam 1,66 por cento, enquanto as da Telemar recuavam 0,27 por cento.

(Reportagem de Cesar Bianconi)