BOVESPA-Índice opera em queda após 4 dias de alta

quarta-feira, 10 de outubro de 2007 11:03 BRT
 

SÃO PAULO, 10 de outubro (Reutres) - A Bolsa de Valores de São Paulo caía na manhã desta quarta-feira, depois de quatro pregões de alta, que levaram o índice a novo recorde.

Nos Estados Unidos, a abertura também foi fraca, depois que o lucro da Alcoa (AA.N: Cotações) ficou abaixo do esperado e a International Paper (IP.N: Cotações) emitiu alerta de lucro.

A notícia de que o IPCA ficou abaixo do esperado agradou, mas não chegava a impedir a queda do Ibovespa.

"O IPCA de setembro veio bem, já mostrando arrefecimento de produtos agrícolas, in natura...o que é positivo. A gente não estava muito preocupada com inflação. Essa esticou um pouco, está demorando um pouco mais a cair, mas vai ficar abaixo da meta", afirmou Álvaro Bandeira, diretora da Ágora CTVM.

"Esperamos pelo menos mais um corte de juro esse ano", complementou.

Às 11h00, o principal indicador da bolsa paulista .BVSP cedia 0,93 por cento, para 62.956 pontos. O volume financeiro era de 773 milhões de reais.

Entre os destaques de baixa estavam os papéis da CCR CCRO3.SA, que perdiam quase cinco por cento, para 34,25 reais, com analistas decepcionados com a ausência da empresa no leilão de concessões rodoviárias da véspera.

A OHL OHLB3.SA, grande vencedora do leilão, também tinha queda. As ações eram negociadas em baixa de mais de 6 por cento, em 33, 81 reais.