China desbarata grupo "terrorista" que queria atacar Jogos

quinta-feira, 10 de abril de 2008 07:31 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China desbaratou dois grupos "terroristas" do Turquestão do Leste que pretendiam atacar os Jogos Olímpicos, ao prender 45 suspeitos e apreender explosivos e armas de fogo, informou um porta-voz do Ministério de Segurança Pública na quinta-feira.

Militantes uighur buscam a independência do Turquestão do Leste, localizado na região de Xinjiang, no noroeste do país, que é predominantemente muçulmana.

O grupo planejava ataques a hotéis turísticos de Pequim e Xangai, a prédios do governo e a instalações militares, disse o porta-voz Wu Heping em entrevista coletiva.

"No final do ano passado, um grupo terrorista do Turquestão do Leste emitiu uma ordem pedindo aos seus membros que entrassem no país para realizar ataques terroristas na Olimpíada de Pequim", disse o porta-voz.

"Ao mesmo tempo o grupo pediu que eles observassem de perto os hotéis que hospedam estrangeiros, prédios governamentais e bases militares", disse o porta-voz.

(Reportagem de Ian Ransom)