PANORAMA1-Divulgação "tripla" de inflação dá tom aos negócios

quarta-feira, 11 de junho de 2008 07:59 BRT
 

SÃO PAULO, 11 de junho (Reuters) - Uma batelada de indicadores de inflação é o destaque desta quarta-feira, véspera da divulgação da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

Embora seja o índice "oficial" do país, o IPCA que será anunciado nesta manhã trará uma visão de retrovisor por se tratar do mês de maio --período em que a pressão dos Alimentos pode ter chegado ao pico.

Nesse sentido, ganham relevância a primeira prévia do IGP-M de junho e a primeira quadrissemana do IPC-Fipe, que já mostrou aceleração de 1,30 por cento, acima das previsões dos analistas.

Para a leitura inicial do IGP-M, a previsão de analistas consultados pela Reuters é de uma desaceleração para 1,15 por cento, depois da taxa de 1,36 por cento na primeira prévia de maio.

COMMODITIES E ENERGIA

O governo dos Estados Unidos deverá anunciar nesta quarta-feira que os estoques de petróleo do país caíram 1,1 milhão de barris na semana passada, segundo estimativa de analistas, enquanto as reservas de gasolina teriam subido 1,2 milhão de barris e as de derivados aumentado 1,7 milhão de barris.

Na terça-feira, o petróleo negociado nos EUA registrou queda, com um dólar forte pressionando os futuros.

Nos mercados agrícolas, a expectativa é de que os os grãos negociados em Chicago continuem firmes, depois que o governo dos Estados Unidos reduziu a estimativa de produção de milho na terça-feira.   Continuação...