PANORAMA2-Bolsas garantem alta após vaivém, dólar fica estável

quinta-feira, 10 de julho de 2008 17:27 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 10 de julho (Reuters) - As bolsas de valores garantiram fechamento em alta nesta quinta-feira, devolvendo parte das perdas recentes após uma sessão de intensa volatilidade no mercado internacional.

A fala do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, ajudou a restaurar o ânimo dos investidores. Ele defendeu em audiência no Congresso uma supervisão mais firme do governo sobre os grandes bancos de investimento para evitar que a recente crise de crédito se repita.

A compra da Romm and Haas pela Dow Chemical (DOW.N: Cotações) também deu confiança aos agentes. Mais cedo, o mercado derrubou em quase 20 por cento as ações do banco de investimento Lehman Brothers LEH.N somente com a especulação de que a gestora de fundos Pimco estaria diminuindo os negócios com a instituição.

A melhora de Wall Street também animou a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que voltou a fechar acima dos 60 mil pontos. Entre o vaivém das bolsas, o dólar ficou estável.

Na agenda doméstica, o IPCA desacelerou em junho, tirando um pouco da pressão sobre o mercado de juros futuros. O índice subiu 0,74 por cento, ante expectativa de alta de 0,80 por cento de acordo com pesquisa da Reuters.

Em evento em São Paulo, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse que o mercado não deve esperar uma "atitude complacente" do BC com a inflação. Segundo ele, o BC trabalha para trazer a inflação de volta ao centro da meta em 2009.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:   Continuação...