Economia brasileira cresce mais que o esperado no 2o tri

quarta-feira, 10 de setembro de 2008 09:22 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A economia brasileira cresceu mais que o esperado no segundo trimestre, puxado pela demanda interna.

O Produto Interno Bruto (PIB) avançou 1,6 por cento no segundo trimestre de 2008 em relação ao primeiro e cresceu 6,1 por cento ante igual período do ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam expansão de 1,1 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) na leitura trimestral e alta de 5,5 por cento na comparação anual.

O consumo das famílias cresceu 1 por cento no segundo trimestre ante o primeiro. A formação bruta de capital fixo --uma medida dos investimentos-- avançou 5,4 por cento.

A indústria cresceu 0,9 por cento sobre o primeiro trimestre; o setor agropecuário expandiu-se em 3,8 por cento e o setor de serviços teve alta de 1,3 por cento.

A taxa de investimentos do país atingiu 18,7 por cento do PIB no segundo trimestre, a melhor leitura para um segundo trimestre da série histórica iniciada em 2000.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; texto de Vanessa Stelzer; edição de Alexandre Caverni)