Polícia do Paquistão impede Bhutto de visitar magistrado deposto

sábado, 10 de novembro de 2007 09:10 BRST
 

ISLAMABAD - 10 de novembro (Reuters) - A polícia paquistanesa impediu no sábado a líder oposicionista Benazir Bhutto de visitar o deposto chefe de Justiça em sua casa, onde ele é mantido desde que um estado de emergência foi imposto semana passada, disseram testemunhas.

Bhutto, que também foi mantida em prisão domiciliar na sexta-feira, tentou se aproximar da casa do ex-chefe de Justiça Iftikhar Chaudhry, mas a polícia estacionou dois caminhões no caminho para bloquear sua passagem.

Após impor um estado de emergência e suspender a Constituição semana passada, depois de enfrentar manifestações do poder Judiciário e o aumento da violência de militantes, Musharraf afastou a maioria dos juízes do país e os têm substituído.

 
<p>Pol&iacute;cia do Paquist&atilde;o impede Bhutto de visitar magistrado deposto. A pol&iacute;cia paquistanesa impediu no s&aacute;bado a l&iacute;der oposicionista Benazir Bhutto de visitar o deposto chefe de Justi&ccedil;a em sua casa, onde ele &eacute; mantido desde que um estado de emerg&ecirc;ncia foi imposto. 10 de novembro. Photo by Mian Khursheed</p>