Trichet, do BCE, diz que BCs mantêm contato próximo sobre crise

segunda-feira, 10 de março de 2008 09:48 BRT
 

BASILÉIA, Suíça, 10 de março (Reuters) - Os bancos centrais estão em contato próximo e precisam ficar alertas, ancorando as expectativas de inflação, em um mercado financeiro altamente volátil e que passa por uma correção, disseram membros de bancos centrais nesta segunda-feira.

Resumindo as conversas entre os representantes de autoridades monetárias de países desenvolvidos e emergentes, Jean-Claude Trichet, presidente do bimestral Encontro sobre a Economia Global e do Banco Central Europeu (BCE), disse que persiste a correção do mercado com alta volatilidade.

"Em um nível global, o alerta dos bancos centrais é muito importante, como sempre, mas claro que também é nestas circunstâncias", disse Trichet a jornalistas.

Ele disse ainda que não vê diferença significativa entre a análise da situação econômica em relação à última reunião dos bancos centrais realizada em janeiro.

"É importante que nós continuemos a ser uma âncora sólida das expectativas de inflação... e também, claro, tomar medidas que permitam a ancoragem das taxas de juros de curtíssimo prazo nos mercados abertos. Isso ajudaria os mercados abertos a funcionar o mais ordenadamente e corretamente possível."

"Estamos em contato próximo", acrescentou.

(Reportagem de Sven Egenter e Natsuko Waki)