JURO-Projeções avançam na BM&F em dia tenso no exterior

segunda-feira, 10 de março de 2008 16:48 BRT
 

SÃO PAULO, 10 de março (Reuters) - As projeções de juros negociadas na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) fecharam em alta nesta segunda-feira, dia de nervosismo no exterior com a possibilidade de uma recessão nos Estados Unidos e com incertezas sobre a saúde das instituições financeiras.

O contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) janeiro de 2009, o mais negociado, subiu de 11,90 para 11,98 por cento ao ano. O DI janeiro de 2010 avançou de 12,74 para 12,91 por cento.

No exterior, as bolsas de valores em Nova York exibiam baixa de mais de 1 por cento e o rendimento dos Treasuries caía. A preocupação dos investidores é com a situação da economia norte-americana e a saúde de importantes instituições financeiras com uma nova rodada de aperto no mercado de crédito.

Mais cedo, rumores de que o Bear Stearns BSC.N poderia estar com problemas de liquidez azedaram o humor de investidores. O banco classificou como "totalmente ridículo" o comentário que circulava pelo mercado.

O Banco Central recolheu 18,826 bilhões de reais no mercado aberto, por 1 dia, a 11,19 por cento ao ano.

(Por Silvio Cascione; Edição de Daniela Machado)