Dólar reage à crise externa e sobe acima de R$1,70

segunda-feira, 10 de março de 2008 16:44 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar reagiu com mais força à crise internacional nesta segunda-feira, fechando acima de 1,70 real pela primeira vez em duas semanas.

A moeda subiu 1,37 por cento, para 1,707 real. Em março, o dólar agora acumula valorização de 0,89 por cento.

O gatilho para a piora foi o aperto nas condições de crédito interbancário, que aumentou a preocupação sobre a saúde das instituições financeiras e forçou o Federal Reserve a injetar capital adicional no mercado na sexta-feira.

O agravamento da tensão coincidiu com a divulgação, nos últimos dias, de dados muito piores do que o esperado sobre a economia dos Estados Unidos.

Nesse cenário, os mercados tiveram uma segunda-feira de nervosismo, com queda acentuada das bolsas em Nova York em meio a especulações sobre problemas de liquidez em um dos maiores bancos de investimento de Wall Street, o Bear Stearns .

Os rumores foram classificados como "totalmente ridículos" por um executivo do banco.

"A situação norte-americana inspira mais cuidados do que estava aparentando. Os índices de inflação continuam altos e o nível de emprego está diminuindo de forma mais acelerada do que se previa, abrindo as portas para uma recessão", disse Vanderlei Arruda, gerente de câmbio da corretora Souza Barros.

"Dentro desse cenário ainda há a condição de inadimplência no setor imobiliário", acrescentou.   Continuação...