Após decisão do STF, Dantas e mais 8 são soltos

quinta-feira, 10 de julho de 2008 09:22 BRT
 

Por Eduardo Simões e Maurício Savarese

SÃO PAULO (Reuters) - O banqueiro Daniel Dantas e mais 8 pessoas ligadas a ele, entre elas sua irmã Verônica, foram soltas no início desta quinta-feira, informou a Polícia Federal.

Os suspeitos, soltos por volta das 5h30 após habeas corpus concedido pelo STF, são ligados ao banco Opportunity e haviam sido detidos na terça-feira pela PF durante a operação Satiagraha. Outras duas pessoas ligadas ao Opportunity que tiveram prisão decretada, mas não foram encontradas pela PF, também foram beneficiadas pela decisão da corte.

Na operação, foram presas 17 pessoas, entre elas o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o investidor Naji Nahas, e cumpridos 56 mandados de busca e apreensão, segundo último balanço divulgado pela assessoria de imprensa da PF na quarta-feira.

No total, outras sete pessoas, incluindo as duas ligadas ao Opportunity e agora beneficiadas pela decisão do STF, tiveram prisão decretada, mas não foram encontradas pelos policiais.

Pitta e Nahas continuam detidos na carceragem da PF em São Paulo.

A decisão de conceder habeas corpus a Dantas e a outras pessoas vinculadas ao Opportunity, foi tomada pelo presidente do STF, Gilmar Mendes, que entendeu que a prisão preventiva dos acusados é desnecessária, porque não haveria ameaça às provas colhidas na investigação.

"Não há fundamentos suficientes que justifiquem o decreto de prisão temporária dos pacientes, seja por ser desnecessário o encarceramento (dos suspeitos) para imediato interrogatório, seja por nada justificar a providência para fins de confronto com provas colhidas", escreveu Mendes em sua decisão.

"Ainda que tais fundamentos fossem suficientes, o tempo decorrido desde a deflagração da operação policial indica a desnecessidade da manutenção da custódia temporária para garantir a preservação dos elementos probatórios", completou.   Continuação...

 
<p>Ap&oacute;s decis&atilde;o do STF, Dantas e mais 8 s&atilde;o soltos. O banqueiro Daniel Dantas em imagem de arquivo. Dantas e mais 8 pessoas ligadas a ele, entre elas sua irm&atilde; Ver&ocirc;nica, foram soltas, informou a Pol&iacute;cia Federal. 21 de setembro de 2005. Photo by Jamil Bittar</p>