Disney diz que negócios estão resistindo apesar de economia

quarta-feira, 10 de setembro de 2008 14:53 BRT
 

LONDRES, 10 de setembro (Reuters) - Os negócios da Walt Disney (DIS.N: Cotações) estão resistindo frente diante das difíceis condições econômicas nos Estados Unidos, graças a uma forte presença internacional da companhia e um dólar mais fraco, mas a crise ainda não acabou, disse o presidente-executivo da empresa, Robert Iger.

"Nossos negócios têm resistido", disse Iger a jornalistas em uma reunião antes da estréia em Londres do filme "Camp Rock" na quarta-feira. "Os parques temáticos globais resistiram extremamente bem."

Iger disse que o conglomerado de mídia foi ajudado "imensuravelmente" por seus negócios fora dos Estados Unidos e também pela relativa fraqueza do dólar, o que atraiu visitantes internacionais aos seus parques temáticos nos Estados Unidos.

A Disney, cujos negócios abrangem filmes, parques de diversões e resorts, merchandise e emissoras de televisão, teve quase um quarto de sua receita de 35,5 bilhões de dólares gerada fora da América do Norte no último ano fiscal.

Iger disse que o Walt Disney World Resort, na Flórida, tem sido particularmente popular. O Disney World ajudou a divisão de parques temáticos da Disney a conquistar um aumento de 5 por cento em receita e 3 por cento em lucro operacional no último trimestre.

Mas o executivo fez um alerta. "À medida que nos aproximamos de 2009, nós acreditamos que os desafios que enfrentamos em 2008 ainda existirão, e administramos a companhia com isso em mente."

As ações da Disney exibiam alta de 1,4 por cento às 14h50 (horário de Brasília), enquanto o índice Dow Jones .DJI exibia valorização de 0,55 por cento.

(Reportagem de Georgina Prodhan)