Ex-premiê Tony Blair se une ao JPMorgan como conselheiro sênior

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008 09:59 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair se uniu ao banco norte-americano JPMorgan & Chase como conselheiro sênior.

O JPMorgan, o terceiro maior banco norte-americano, disse que Blair dará conselhos sobre política global para o presidente-executivo e para a diretoria do banco. Ele participará ainda de eventos do banco com clientes chaves.

"Eu estou ansioso para aconselhá-los em como devem lidar com grandes mudanças políticas e econômicas que a globalização traz", disse Blair em comunicado.

Blair, um aliado chave do presidente George W. Bush, foi substituído no último ano por Gordon Brown como primeiro ministro em meio a um crescente descontentamento sobre a política britânica no Iraque. O Financial Times, em Londres, divulgou o movimento em seu site na Internet, dizendo que é a primeira posição que Blair espera tomar no setor privado.

O antecessor de Blair, John Major, se uniu a uma empresa financeira norte-americana após deixar o cargo no governo.

Major se uniu à empresa privada norte-americana de ações The Carlyle Group em 1998 em meio ao grande impulso da empresa no mercado europeu.