VIVO deixa de comprar celular CDMA por falta de demanda

sexta-feira, 11 de abril de 2008 15:50 BRT
 

SÃO PAULO, 11 de abril (Reuters) - A Vivo VIVO4.SA, maior operadora de celular do Brasil, não compra mais aparelhos do padrão CDMA, da qual era a única usuária no país.

A companhia explicou, através de sua assessoria de imprensa, que a decisão foi motivada por falta de demanda. A Vivo implantou uma rede GSM sobreposta à CDMA desde o início do ano passado e afirma que os clientes, desde então, passaram a preferir os modelos naquele padrão, e não no antigo.

"Desde que o GSM foi lançado, a demanda é maior por esse padrão. A procura (pelos consumidores) é cada vez menor", informou a assessoria de imprensa, que não especificou quando exatamente a empresa interrompeu as compras de aparelhos CDMA.

(Reportagem Taís Fuoco; Edição de Alberto Alerigi Jr.)