BOLSA EUROPA-Índices caem derrubados por Unilever e L'Oreal

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008 08:07 BRST
 

LONDRES, 11 de janeiro (Reuters) - As bolsa européias operavam em baixa na manhã desta sexta-feira, puxada pela queda de empresas de alimentos como a Unilever (UNc.AS: Cotações). Pesava também no clima negativo do dia as preocupações sobre os prejuízos dos bancos nos Estados Unidos relacionados às hipotecas de alto risco (subprime).

"Há um grande sentimento de receio no mercado europeu hoje. Os investidores não estão com o entusiasmo visto nos EUA", afirmou Justin Urquhart Stewart, da 7 Investment Management.

As ações da Unilever e da L'Oreal (OREP.PA: Cotações) caíam 6,3 e 3,5 or cento, respectivamente, depois que uma corretora reduziu sua recomendação para os papéis das empresas.

Os bancos tinham desvalorização com temores de mais prejuízos relacionados a hipotecas de risco.

Uma reportagem num jornal afirmou que o Merrill Lynch pode registrar prejuízos maiores que o esperado decorrentes de hipotecas de alto risco.

O banco suíço UBS UBSN.VS afirmou em comunicado aos acionistas que não é capaz de prever o impacto total da crise de hipotecas. As ações do UBS operavam estáveis, enquanto as do HSBC (HSBA.L: Cotações) perdiam 1,1 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que engloba as principais ações européias, tinha queda de 0,25 por cento, para 1.433 pontos, depois de atingir seu pior nível em 2008 na véspera depois que Banco Central Europeu reforçou sua intenção de elevar a taxa de juros para conter a inflação.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 8h05 (horário de Brasília):

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %   Continuação...