CÂMBIO-Dólar sobe com cautela atento ao cenário externo

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008 10:52 BRST
 

SÃO PAULO, 11 de janeiro (Reuters) - O dólar operava em alta nesta sexta-feira, em mais um dia de cautela de olho no mercado externo. A temporada de resultados de balanços corporativos e possibilidade de crise energética doméstica adicionam mais incerteza aos investidores.

A moeda norte-americana BRBY subia 0,23 por cento às 10h52, a 1,761 real. Na véspera, o dólar caiu 0,68 por cento, após a palestra do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke.

Nesta sexta-feira, os mercados ainda procuravam digerir o comunicado de Bernanke.

Segundo Rodrigo Ferreira, operador do Banco Alfa, Bernanke veio com um discuro agradável para o mercado, abrindo espaço para um corte mais profundo na taxa de juro na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto nos dias 29 e 30 de janeiro.

"Mas isso mostra que a crise é um pouco mais séria do que imaginado, por isso a volatilidade", acrescentou o operador.

Ferreira também lembrou notícia do New York Times alertando que as baixas contábeis do banco norta-americano Merryl Lynch podem ser de cerca de 15 bilhões de dólares, que deu ainda mais incertezas aos investidores sobre a saúde da economia norte-americana.

As principais bolsas européias operavam em baixa nesta sexta-feira, em Wall Street, os índices futuros também apresentavam números vermelhos.

Para Wanderley Arruda, gerente de câmbio da corretora Souza Barros, a volatilidade ainda deve permanecer por algum tempo, principalmente com o início da temporada de divulgação do resultados das instituições financeiras.

Arruda acrescentou que "aqui, a situação continua crítica, temos o problema da energia e dos juros futuros... está tudo dentro de uma condição que favorece a volatilidade" e a aversão ao risco.

(Por Fabio Gehrke; edição de Cláudia Pires)