Petróleo nos EUA recua com incerteza sobre demanda e dólar forte

segunda-feira, 11 de agosto de 2008 17:20 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda pela sexta sessão consecutiva nesta segunda-feira, com preocupações com a demanda global e um dólar mais forte, apesar do conflito entre Rússia e Geórgia.

As importações de petróleo da China caíram inesperadamente 7 por cento em julho, para uma mínima em sete meses.

"Eu acho que o sentimento está mudando sobre a China --ela pode não crescer ao mesmo ritmo do que nos últimos dois anos-- e os números desta manhã mostram isso", disse james Crandell, analista da Lehman Brothers.

Na Nymex, o contrato setembro fechou em queda de 0,75 dólar, ou 0,65 por cento, a 114,45 dólares por barril, após ter sido negociado entre 112,72, menor nível desde 2 de maio, e 116,90 dólares.

Em Londres, o contrato setembro do petróleo tipo Brent caiu 0,66 dólar, ou 0,58 por cento, a 112,67 dólares por barril, após ser negociado entre 111,07 e 115,32 dólares.

O dólar ampliou os seus ganhos da última semana e subiu frente ao euro, rompendo o patamar de 1,49 dólar, e os investidores avaliam o quão forte a desaceleração da economia norte-americana irá atingir o resto do mundo.

(Reportagem de Robert Gibbons, Gene Ramos e Matthew Robinson)