January 11, 2008 / 8:46 PM / in 10 years

RPT-PANORAMA2-Bolsas caem com preocupação sobre setor bancário

4 Min, DE LEITURA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 11 de janeiro (Reuters) - O prejuízo do setor financeiro com a crise do subprime voltou a assustar os investidores nesta sexta-feira, derrubando as bolsas em Nova York e no Brasil em um dia com poucos indicadores.

De acordo com reportagem do New York Times, o banco de investimentos Merrill Lynch MER.N pode declarar baixas contábeis de até 15 bilhões de dólares em ativos relacionados ao crédito imobiliário de alto risco.

O possível prejuízo, que seria quase duas vezes maior do que o estimado originalmente pelo banco, abalou o humor dos investidores, que têm recebido seguidas indicações do Federal Reserve de um corte mais agressivo dos juros para estancar a crise e evitar uma recessão nos Estados Unidos.

O mercado também se preocupou com o alerta do American Express (AXP.N) para um aumento da inadimplência nos cartões de crédito. Esse pode ser um sinal de que a crise no crédito pode começar a afetar de forma mais significativa o consumo, um dos principais motores da economia norte-americana.

Pouco antes do fechamento, os índices de Nova York caíam mais de 1 por cento --o Dow Jones, principal referência do mercado, chegou a ceder 2 por cento. No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou o mau humor e encerrou em baixa de 2,5 por cento.

Os mercados de câmbio e de juros, no entanto, deram de ombros para o pessimismo internacional. O dólar fechou abaixo de 1,75 real, no menor nível desde novembro, com a entrada de recursos no país.

Já os contratos de juros futuros mais negociados recuaram com o alívio dos agentes após a divulgação de um IPCA em linha com o esperado. A alta do índice usado como referência para as metas de inflação do governo foi de 4,46 por cento em 2007.

Veja como encerraram os principais mercados nesta sexta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,748 real, em baixa de 0,51 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,2 bilhão de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa caiu 2,48 por cento, a 61.942 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,5 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros operava em queda de 2,6 por cento, aos 36.012 pontos, pouco antes do fechamento.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caiu na BM&F. O DI janeiro de 2009 recuou a 12,03 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 12,72 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subiu para 134,938 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,36 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia a 233 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 258 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

Pouco antes do fechamento, o índice Dow Jones .DJI tinha variação negativa de 1,9 por cento, a 12.609 pontos. O Nasdaq .IXIC caía 1,8 por cento, para 2.444 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibia queda de 1,3 por cento, aos 1.401 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, avançava e o rendimento caía para 3,8 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Daniela Machado; Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below