Telefónica promete elevar lucro e dividendos; ações sobem

quinta-feira, 11 de outubro de 2007 07:44 BRT
 

Por Robert Hetz

MADRI (Reuters) - A gigante espanhola de telecomunicações Telefónica anunciou que irá registrar sólido aumento da receita e do lucro nos próximos quatro anos, o que permitirá à empresa elevar os dividendos aos acionistas. A notícia impulsionou as ações da companhia.

Em apresentações preparadas para o dia do investidor em Londres, a Telefónica disse que espera expansão das vendas entre 5 e 8 por cento até 2010, enquanto o lucro operacional antes de depreciação e amortização deve subir de 7 a 11 por cento.

Isso significa que o lucro por ação passará de 1,30 euro em 2006 para 2,30 euros em 2010, o que deve significar em 2008 um dividendo de 1 euro por ação. Se isso for confirmado, a Telefónica garantirá dividendo nesse nível um ano antes do que havia prometido.

A empresa também disse que vai avaliar um novo programa de recompra de ações, mas não deu detalhes. Está em aberto um programa desse tipo avaliado em 6 bilhões de euros, que teve início em 2005 e está previsto para terminar este ano.

As ações da Telefónica avançavam 5 por cento na Bolsa de Madri, para 20,28 euros, enquanto o índice espanhol Ibex 35 subia 1,12 por cento.

O presidente do Conselho da Telefónica, Cesar Alierta, afirmou que a empresa será cautelosa em aquisições e que não deve se aventurar em novos mercados.

A Telefónica estima ter em 2010 cerca de 290 milhões de clientes no mundo, contra aproximadamente 210 milhões no final do primeiro semestre deste ano, com o crescimento impulsionado principalmente pela adição de até 60 milhões de usuários de seus serviços de telefonia móvel na América Latina.

Este ano, a Telefónica vendeu sua participação na produtora de televisão Endemol e na operadora britânica Airwave por 5,5 bilhões de euros.

Ao mesmo tempo, a empresa gastou 2,8 bilhões de euros para comprar uma participação indireta na Telecom Italia e para adquirir operadoras móveis no Brasil por meio da Vivo, joint-venture que tem no país com a Portugal Telecom.