Bolsas da Ásia caem com instabilidade do setor financeiro

quinta-feira, 11 de setembro de 2008 07:55 BRT
 

Por Kevin Plumberg

HONG KONG (Reuters) - Os mercados asiáticos caíram amplamente na quinta-feira, com as ações da região com exceção do Japão em seu menor nível desde outubro de 2006, afetados pela persistente instabilidade no setor financeiro.

Ações de bancos, incluindo o Mitsubishi UFJ Financial Group, caíram 5 por cento depois do Lehman Brothers ter comunicado prejuízo trimestral recorde de 3,9 bilhões de dólares. O China Construction Bank, segundo maior banco da China, recuou 4,2 por cento, e o Industrial and Commercial Bank of China cedeu 3,8 por cento.

"Nós acreditamos que as preocupações com a inflação estão diminuindo e as novas preocupações são sobre a expansão da desaceleração da economia para a Europa, Japão e mercados emergentes. Do nosso ponto de vista, o risco é muito real", informou em nota Adrian Mowat, estrategista de açoes de emergentes e da Ásia-Pacífico do JPMorgan.

O índice Nikkei, de Tóquio, teve queda de 2 por cento, a 12.102 pontos, índice mais baixo em 6 meses.

O índice de ações asiáticas excluindo o Japão, o MSCI, caía 1,01 por cento às 7h47 (horário de Brasília).

O índice Hang Seng de Hong Kong teve declínio de 3,06 por cento, a 19.388 pontos. As Ações da China Mobile caíram 4,4 por cento com novas políticas de mercado, que poderiam tornar a maior operadora de celulares do mundo menos competitiva.

Na Austrália, a bolsa caiu 1,86 por cento, a 4.814 pontos.

 
<p>Homem observa monitores do mercado de a&ccedil;&otilde;es em Taip&eacute;, dia 11 de setembro. Os mercados asi&aacute;ticos ca&iacute;ram amplamente na quinta-feira, com as a&ccedil;&otilde;es da regi&atilde;o com exce&ccedil;&atilde;o do Jap&atilde;o em seu menor n&iacute;vel desde outubro de 2006, afetados pela persistente instabilidade no setor financeiro. Photo by Nicky Loh</p>