AGENDA POLÍTICA-Congresso vota LDO e Lula vai à Colômbia

sexta-feira, 11 de julho de 2008 17:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Na última semana antes do recesso, o Congresso vota a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na terça-feira. Sem a aprovação do projeto, os parlamentares são impedidos de gozar as férias, que começam em 19 de julho e vão até dia 31.

Programada para esta semana, a apreciação da LDO foi adiada por reivindicação de um crédito extraordinário pela bancada do Rio de Janeiro, para uso em campanha pelas Olimpíadas de 2016, e por pressão do DEM pela retirada dos investimentos de estatais da regra do duodécimo. O mecanismo é autorizado para os gastos do Executivo.

Líderes do governo acenaram com acordos para esses pedidos que deverão ser fechados permitindo a votação da LDO. A lei traz as orientações para a confecção do Orçamento do ano que vem.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, recém-chegado da Ásia, viaja para Bolívia e Colômbia, onde terá encontros com os presidentes Evo Morales e Álvaro Uribe.

O Congresso se mostra afastado de um dos principais temas da semana, a dupla prisão do banqueiro Daniel Dantas, do banco Opportunity. Na operação Satiagraha foram cumpridos 17 de 24 mandados de prisão, em uma operação de forte abrangência.

Discursos e declarações tiveram pouco impacto, sendo que o líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), chegou a pedir mudanças legais na concessão do habeas corpus, depois da decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, mandando soltar Dantas, que retornou à prisão.

A seguir os principais eventos da semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem reunião com ministros para definir participação da equipe na campanha eleitoral deste ano.   Continuação...