Sem quórum,TSE adia votação de fidelidade em cargo majoritário

quinta-feira, 11 de outubro de 2007 12:41 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou a votação sobre a fidelidade partidária para os eleitos em cargos majoritários, que estava prevista para esta quinta-feira, por falta de quórum, informou a assessoria de imprensa do tribunal.

Os ministros vão decidir se senadores, prefeitos, governadores e presidente da República são os donos de seus mandatos ou se pertencem aos partidos pelos quais se elegeram.

O TSE decidiu em 27 de março que, para os cargos proporcionais (deputados federais e estaduais e vereadores), o mandato é do partido, e foi instado a definir a questão da fidelidade partidária para cargos majoritários por consulta do PRTB.

Ainda não há nova data para a votação. O TSE anunciou que emitirá uma nota na tarde desta quinta-feira.

(Por Mair Pena Neto)