UBS substitui executivos da área de crédito após perdas

quinta-feira, 11 de outubro de 2007 15:15 BRT
 

Por Joseph A. Giannone

LONDRES, 11 de outubro (Reuters) - O banco suíço UBS UBSN.VX, que teve perdas de 3,4 bilhões de dólares por conta da recente turbulência no mercado de crédito, está substituindo executivos da área de renda fixa, no último sinal de que os infortúnios da instituição financeira estão longe de terminar.

David Martin, chefe global de produtos de taxas de juros, deixa o banco após 16 anos, de acordo com memorando interno da instituição assinado pelo brasileiro André Esteves, recentemente indicado como novo chefe global de renda fixa do UBS.

O departamento de Martin cuidava, entre outras coisas, das operações de hipotecas e da negociação de títulos com garantias que sofreram com a crise no crédito imobiliário de alto risco dos Estados Unidos.

Outro que deixa o UBS é James Stehli, que era responsável pela área de dívida colateral, que também foi abatida pelos problemas com o setor subprime dos EUA.

A porta-voz do banco Rohini Pragasam confirmou o memorando mas recusou-se a dar mais informações.

Esteves anunciou uma série de outras mudanças na equipe.

Ramesh Singh assume as atividades de hipotecas e de títulos com garantias de ativos, que serão combinadas com produtos securitizados para criar um novo grupo --imobiliário e securitização.

O UBS também está colocando Sascha Prinz e David Sacco como chefes das áreas de bônus de governos e derivativos.

Esteves, que substituiu Simon Bunce, indicou que haverá mais alterações à frente.