Economia global está entre recessão e inflação, diz FMI

sexta-feira, 11 de julho de 2008 11:16 BRT
 

Por Sabina Zawadzki

YALTA, Ucrânia, 11 de julho (Reuters) - A economia mundial continua presa "entre o gelo da recessão e o fogo da inflação", disse nesta sexta-feira o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn.

Em uma conferência no resort de Yalta, no Mar Negro, ele afirmou que a maior parte da crise financeira global já passou, ainda que suas consequências continuem sendo sentidas ainda por algum tempo.

As economias emergentes, disse, ainda vivem um crescimento bom, ainda que a inflação, ligada à alta do petróleo e dos preços de alimentos, continue um problema sério.

"A maior parte da crise provavelmente já ficou para trás", disse Strauss-Kahn.

"Alguma parte ainda pode estar por vir. As consequências econômicas da crise obviamente ainda vão chegar."

Ele descreveu a resposta mundial à crise como "amplamente adequada". "Os bancos centrais trabalharam juntos bem e finalmente solucionaram a questão, que evitou uma crise."

Mas as condições da economia mundial continuam problemáticas.

"Ninguém pode dizer que a economia global está em uma boa temperatura. Estamos entre o gelo da recessão e o fogo da inflação", disse.   Continuação...