Votação da CSS é adiada para esta 4a-feira

quarta-feira, 11 de junho de 2008 08:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Fracassou mais uma vez a tentativa de votação na Câmara dos Deputados da criação da Contribuição Social para a Saúde, que substitui a antiga CPMF, cuja prorrogação foi derrubada ano passado pelo Senado.

Segundo informações da Agência Câmara, o novo adiamento foi formalizado após acordo de lideranças fechado no plenário da Casa. O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), marcou sessão para as 9h10 desta quarta para votar a proposta. Também deverá haver sessão extraordinária à tarde.

Com alíquota proposta de 0,1 por cento sobre as movimentações financeiras a ser cobrada a partir de janeiro de 2009, a CSS, com destinação exclusiva à saúde, substitui a extinta CPMF, que tinha alíquota de 0,38 por cento e se destinava a diversos fins.

Se aprovada, segundo cálculos do Ministério da Saúde, a CSS deve arrecadar mais de 10 bilhões de reais por ano para o setor.

(Texto de Eduardo Simões)