BOLSA EUROPA-Mercado amplia perdas, bancos e farmacêuticas caem

quinta-feira, 11 de setembro de 2008 07:55 BRT
 

LONDRES, 11 de setembro (Reuters) - O principal índice europeu de ações operava em queda nesta quinta-feira, derrubado por ações de bancos conforme os investidores continuam receosos sobre a saúde do setor financeiro.

Às 7h50 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que acompanha as principais empresas européias, apresentaca desvalorização de 0,85 por cento, aos 1.138 pontos. O índice acumula perdas de 24 por cento no ano.

Os investidores mostram cautela em fazer negócios com papéis de empresas do setor financeiro depois que o banco de investimento Lehman Brothers LEH.N apresentou prejuízo trimestral recorde na quarta-feira e afirmou que planeja vender uma participação majoritária em sua divisão de gestão de investimento.

Entre os bancos, o Fortis FOR.BR cedia 2,2 por cento, o BNP Paribas (BNPP.PA: Cotações) recuava 2,1 por cento, o Dexia (DEXI.BR: Cotações) caía 1,4 por cento e o Credit Agricole (CAGR.PA: Cotações) tinha queda de 1,7 por cento.

As ações da fabricante de medicamentos AstraZeneca (AZN.L: Cotações) perdiam 4 por cento depois que o Goldman Sachs reduziu a recomendação do papel para "venda", argumentando que os fundamentos da companhia continuam em dificuldades apesar de notícias melhores que o esperado sobre patentes este ano.

As atenções do mercado se voltam para dados econômicos dos Estados Unidos a serem divulgados às 9h30. O governo divulgará números da balança comercial, auxílio desemprego e preços de produtos importados.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 7h50:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %   Continuação...