Novo iPhone da Apple é sucesso na Ásia e Europa

sexta-feira, 11 de julho de 2008 10:16 BRT
 

Por Matt Cowan e Adrian Bathgate

LONDRES/WELLINGTON (Reuters) - O novo iPhone da Apple fez sua muito aguardada estréia na sexta-feira, e os compradores invadiram lojas na Ásia e formaram longas filas em cidades européias.

As vendas do aparelho, que combina um player de música e vídeo, um celular e acesso à Web, começaram na Nova Zelândia, onde um estudante de 22 anos foi o primeiro a comprar.

"Vou carregar o aparelho, brincar um pouco com ele e depois vou dormir muito", disse Jonny Gladwell, que agüentou uma fila em temperatura gélida por cerca de 60 horas para ser a primeira pessoa do mundo a adquirir o novo iPhone, um minuto depois da meia-noite desta sexta-feira.

Guardas usando coletes, capacetes e espingardas protegiam os 500 aparelhos à venda em Hong Kong, cidade que viu tumultos em lançamentos anteriores de produtos importantes.

A Softbank, que vende o iPhone no Japão, disse que havia mais de 1.500 pessoas em fila diante de sua maior loja em Tóquio. Policiais gritavam tentando abrir espaço.

Em Londres, uma fila diante da maior loja da O2, subsidiária da Telefónica, dobrava a esquina.

"Nós encomendamos muitos aparelhos. Vimos a demanda da primeira vez, mas estamos realmente surpresos com a procura que temos agora. Acho que ela não tem precedentes", disse Steve Alder, diretor do iPhone na O2 britânica.

"Teremos estoques chegando a cada semana... Estou confiante em que, pelo final do verão, todo mundo que quiser um aparelho poderá tê-lo", ele disse.

As ações da Apple subiram em quase quatro por cento ao longo da semana em antecipação ao lançamento da sexta-feira, que cobre 21 países.

Com seu mais recente aparelho, a Apple, criadora do computador Macintosh e do iPod, espera aproveitar a demanda florescente pelos celulares inteligentes, área que fabricantes como a sul-coreana Samsung Electronics, a taiuanesa HTC e a finlandesa Nokia estão lutando por dominar.

 
<p>Primeiro comprador do iPhone 3G em Hong Kong exibe aparelho nesta sexta-feira. O lan&ccedil;amento do produto em mais de 20 pa&iacute;ses atraiu hordas de f&atilde;s a lojas da Apple. Photo by Bobby Yip</p>