CÂMBIO-Dólar oscila perto do zero a zero antes de decisão do Fed

terça-feira, 11 de dezembro de 2007 10:41 BRST
 

SÃO PAULO, 11 de dezembro (Reuters) - O dólar operava em leve alta nesta terça-feira, em uma sessão marcada pela expectativa antes da decisão do Federal Reserve sobre o juro nos Estados Unidos.

Às 10h41, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,770 real, em alta de 0,23 por cento. Na véspera, o dólar já havia registrado valorização de 0,40 por cento.

"Eu acho que (o mercado) vai ficar parado. Até a hora que sair (a decisão do Fed) lá fora, nada deve acontecer de diferente ou de importante", disse Jorge Knauer, gerente de câmbio do Banco Prosper, no Rio de Janeiro.

"Mas nada impede que, numa mudança qualquer de cenário, ele (dólar) fique volátil", ressalvou.

A decisão do Fed será anunciada às 17h15 (horário de Brasília), após o fechamento do mercado de câmbio. A expectativa da maioria dos agentes é por um corte de 0,25 ponto percentual no juro, mas alguns ainda apostam em uma redução mais agressiva, de 0,5 ponto percentual.

No exterior, os outros mercados também operavam em clima de expectativa. As bolsas européias e os índices futuros em Wall Street oscilavam perto do zero a zero, e o dólar ganhava terreno ante o euro e o iene.

No cenário interno, a possível criação de um fundo soberano pelo governo e a tramitação da proposta de prorrogação da CPMF no Senado chamavam a atenção dos investidores.

Segundo Knauer, a inquietação com a possibilidade de que a CPMF não seja aprovada tem se refletido principalmente no mercado de juros futuros. Caso as taxas variem muito em meio a essa expectativa, pode haver uam contaminação mais significativa sobre a cotação do dólar.

Na véspera, o mercado comentava as declarações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao jornal britânico Financial Times. Segundo Mantega, o objetivo do fundo soberano estudado pelo governo é diminuir a oferta de dólares no mercado.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Renato Andrade)