11 de Março de 2008 / às 11:13 / 9 anos atrás

PANORAMA1-IPCA e saúde de bancos de Wall Street estão no radar

SÃO PAULO, 11 de março (Reuters) - A inflação "oficial" do país deve confirmar nesta terça-feira o alívio dos preços de alimentação.

A expectativa de analistas consultados pela Reuters é de que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro tenha desacelerado para 0,45 por cento, ante 0,54 por cento na abertura do ano.

Os investidores também monitoram de perto qualquer indicação sobre a saúde de importantes instituições financeiras de Wall Street. Na véspera, circularam pelo mercado rumores de que o Bear Stearns BSC.N estaria com sérios problemas de liquidez --o que foi negado pelo banco.

POLÍTICA

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o secretário de Política Econômica, Bernard Appy, debatem a reforma tributária na Câmara, com a bancada do PMDB.

Partido com maior representação na Câmara e integrante da base do governo, o PMDB pode ter um papel decisivo na aprovação da reforma tributária --considerada muito difícil de ser aprovada ainda este ano pela resistência de alguns Estados, pela proxidade das eleições municipais e pelo difícil relacionamento entre governo e oposição.

COMMODITIES E ENERGIA

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga seu relatório mensal sobre oferta e demanda mundial de grãos e oleaginosas.

O estudo traz estimativas atualizadas para a situação do mercado de grãos norte-americano e também dos principais países produtores e importadores.

Além disso, o petróleo em Nova York CLc1 bateu nesta manhã novo recorde, acima de 109 dólares por barril.

EMPRESAS

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3.SA) divulgou no final da segunda-feira aumento no lucro de 2007 e faz teleconferência com jornalistas nesta terça-feira, às 11h.

Nos EUA, a Texas Instruments TXN.N, reduziu na véspera metas de lucro e receita, citando enfraquecimento da demanda por chips para celulares.

Veja como encerraram os principais ativos na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,707 real, em alta de 1,37 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,86 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa caiu 3,02 por cento, a 59.999 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,06 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros recuou 3,5 por cento, aos 35.328 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 fechou a 11,98 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 12,91 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 132,625 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,57 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 7 pontos, a 280 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 303 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI perdeu 1,3 por cento, a 11.740 pontos. O Nasdaq .IXIC caiu 1,95 por cento, para 2.169 pontos. O índice S&P 500 .SPX recuou 1,55 por cento, aos 1.273 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, avançava e o rendimento caía para 3,46 por cento no final da tarde ante 3,54 por cento na sexta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado, Marcelo Teixeira, Mair Pena Neto e Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below