Fed decepciona mercados com corte modesto do juro

terça-feira, 11 de dezembro de 2007 19:02 BRST
 

Por Mark Felsenthal

WASHINGTON (Reuters) - O Federal Reserve cortou a taxa básica de juro norte-americana em 0,25 ponto percentual nesta terça-feira, para ajudar a economia a superar as condições apertadas de crédito e a prolongada crise do setor imobiliário.

A decisão do Fed levou a taxa básica a 4,25 por cento. Embora o corte fosse esperado pela maioria no mercado, alguns economistas tinham a expectativa de uma redução de 0,50 ponto percentual. Como reação, as bolsas de valores norte-americanas recuavam cerca de 2 por cento perto do fim do pregão.

O Fed também cortou a taxa de redesconto, que é aplicada aos empréstimos feitos diretamente aos bancos, em 0,25 ponto percentual, para 4,75 por cento.

Desde meados de setembro, o Fed reduziu a taxa básica em um ponto percentual, num esforço para dar sustentação à economia e evitar que entrasse em recessão.

"A ação de hoje, combinada com as ações tomadas antes, deve ajudar a promover um crescimento moderado ao longo do tempo", avaliou o Fed em comunicado.

O banco central norte-americano também comentou que a tensão financeira aumentou nas últimas semanas e que permanecem alguns riscos de alta da inflação. O banco preferiu não fazer seu habitual comentário sobre o equilíbrio de riscos que a economia enfrenta.

"Os recentes acontecimentos, incluindo a deterioração das condições dos mercados financeiros, aumentaram as incertezas sobre as perspectivas de crescimento e inflação", disse o banco central dos EUA.

A decisão do Fed segue mais uma onda de deterioração nos mercados de crédito após várias instituições financeiras terem divulgado bilhões de dólares em baixas contábeis devido à exposição ao mercado de financiamento imobiliário de alto risco (subprime).

(Reportagem adicional de David Lawder e Alister Bull)