Catástrofes custaram US$ 70 bi em 2007, diz Swiss Re

terça-feira, 11 de março de 2008 11:08 BRT
 

LONDRES, 11 de março (Reuters) - As perdas econômicas devido a catátrofes naturais ou causadas pelo homem foram de mais de 70 bilhões de dólares em 2007, com as seguradoras recebendo pedidos que somam 28 bilhões de dólares, de acordo com uma pesquisa divulgada na terça-feira pela Swiss Re, a maior resseguradora do mundo.

A Europa foi atingida fortemente pela tempestade Kyrill em janeiro, o que causou perdas em seguros de 6,1 bilhões de dólares pela Alemanha, Grã-Bretanha, Bélgica e Holanda.

As inundações de verão na Grã-Bretanha causaram mais 4,8 bilhões de dólares em reivindicações de seguros, disse a Swiss Re.

Os Estados Unidos saíram sem grandes prejuízos dos grandes furacões. O evento mais caro foi um vendaval em abril, que custou às seguradoras 1,6 bilhão de dólares.

O desastre mais letal foi o ciclone Sidr, que atingiu Bangladesh em novembro e deixou 4.234 mortos.

Swiss Re disse que espera pedidos ainda maiores por causa de catástrofes, particularmente devido a enchentes.

(Reportagem de Simon Challis)