SocGen faz emissão de ações para levantar US$7,97 bi

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008 08:24 BRST
 

PARIS (Reuters) - O Société Générale, o banco francês abatido por um escândalo de fraude financeira, lançou nesta segunda-feira uma emissão de ações com desconto elevado e direitos de subscrição visando levantar 5,5 bilhões de euros (7,97 bilhões de dólares).

A emissão de uma para cada quatro ações precificada em 47,50 euros por ação está 38,9 por cento abaixo do preço de fechamento dos papéis na sexta-feira e dilui o capital acionário em cerca de 20 por cento.

O SocGen anunciou planos de aumento de capital em 24 de janeiro, após informar um prejuízo de 4,9 bilhões de euros com perdas em operações financeiras. Jerome Kerviel, o operador acusado pelas negociações, foi preso na sexta-feira.

O desconto é maior que a previsão do mercado, de até 30 por cento.

"O preço está muito baixo... Como eles não podem perder esse negócio, eles decidiram colocar bem baixo", disse o analista do Landsbanki Kepler Pierre Flabbee.

Um representante do banco disse que o desconto visa garantir uma operação com êxito em meio à volatilidade dos mercados.

"É um preço muito, muito baixo. Reflete a falta de demanda do mercado", afirmou um operador de um banco estrangeiro em Paris.

As ações do banco, que chegaram a cair 6 por cento mais cedo, operavam em queda de 2,71 por cento, a 75,61 euros, às 8h20 (horário de Brasília).