Valero diz que pode vender refinarias por dificuldades nos EUA

terça-feira, 11 de março de 2008 20:51 BRT
 

Por Bernie Woodall e Rebekah Kebede

SAN DIEGO (Reuters) - A refinaria norte-americana Valero Energy disse na terça-feira que está estudando vender quase um terço das unidades na América do Norte em meio à desaceleração econômica do país, que afeta a demanda por combustível. O grupo disse ainda que está explorando novos projetos no Oriente Médio e na Ásia.

Isso marca uma grande mudança na estratégia da Valero após uma década de grandes lucros, compras e expansões que transformaram a empresa com base em San Antonio, que começou como uma pequena refinaria independente.

O presidente-executivo da Valero, Bill Klesse, disse que a empresa está perto de vender refinarias em Aruba, Memphis, Tennessee, Krotz Springs, Louisiana e diz que recebeu interesse de potenciais compradores para outras duas instalações.

A estatal brasileira Petrobras já afirmou que está atenta a oportunidades para comprar refinarias.

Klesse não disse quais empresas se interessam pelas instalações, responsáveis por 840 mil dos 3,1 milhões de barris por dia de capacidade de produção da companhia.

No entanto, a Petroplus anunciou no fim de fevereiro ter feito parceria com duas empresas de private equity para comprar refinarias norte-americanas, gerando especulações na indústria de que a companhia pode ser uma das interessadas.