Mercados de previsão política vêem Obama derrotando Hillary

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008 16:57 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Traders que apostam no resultado da eleição presidencial norte-americana estão colocando suas fichas fortemente na vitória do senador por Illinois Barack Obama sobre a ex-primeira-dama Hillary Clinton para a nomeação do Partido Democrata e, por fim, na conquista da Presidência.

Obama, cuja campanha arrematou quatro prévias estaduais contra Hillary no fim de semana, era negociado por volta de 70 nesta segunda-feira em Dublin, no mercado Intrade de previsões, com sede na Irlanda.

Isso significa que os operadores acreditam numa chance de 70 por cento de ele ser o candidato presidencial democrata para a eleição em novembro. Hillary, que substituiu a coordenadora de sua campanha, era negociada a 30 por cento, segundo dados do site do Intrade.

Traders do Iowa Electronic Markets, uma bolsa sem fins lucrativos mantida por pesquisadores na University of Iowa, possuíam expectativas semelhantes, com Obama a 70 por cento de chance de vencer e Hillary com 27 por cento.

Pesquisadores que estudam mercados de previsão política dizem que o poder de previsão destes meios é comparado ao de pesquisas de opinião. Os contratos são geralmente estruturados para que os preços possam ser lidos a partir da probabilidade de um candidato vencer a corrida.

O senador do Arizona John McCain é visto como favorito a conquistar a indicação republicana, com os operadores dando a ele 95 por cento de chance no Intrade.

O Intrade deu a Obama uma chance de 46 por cento de vencer a disputa geral pela Presidência, contra 33 por cento de McCain e 20 por cento de Hillary.

 
<p>Pr&eacute;-candidato democrata &agrave; Presid&ecirc;ncia dos EUA Barack Obama cumprimentando eleitorado durante campanha. Mercados de previs&atilde;o pol&iacute;tica v&ecirc;em Obama derrotando Hillary Clinton. Photo by Carlos Barria</p>