Corretora Citic quer ajustar aliança com Bear Stearns em breve

quarta-feira, 12 de março de 2008 09:55 BRT
 

Por Langi Chiang

PEQUIM, 12 de março (Reuters) - A Citic Securities, maior corretora de valores da China, espera ajustar em breve o acordo de troca de ações com a Bear Stearns, mas não está buscando elevar sua participação no banco norte-americano de investimentos, informou o presidente do conselho da Citic, Kong Dan, a jornalistas nesta quarta-feira.

Bear Stearns BSC.N e Citic Securities (600030.SS: Cotações) informaram que estão renegociando os termos do acordo acertado em outubro depois que as ações de ambas as instituições foram derrubadas pelas turbulências nos mercados financeiros.

Mas contrariando informações anteriores de que a Citic tentaria aumentar sua participação no Bear Stearns, Kong sugeriu que a corretora chinesa pode manter o tamanho de sua fatia de 6 por cento, pagando menos de 1 bilhão de dólares, que era a estimativa de preço original.

"Os preços serão reduzidos", disse o executivo, falando durante um encontro do governo em Pequim.

Perguntando se a Citic tentará aumentar sua participação para 9,9 por cento, nível superior pelo qual investimentos estrangeiros requerem vigilância próxima do governo norte-americano, Kong respondeu: "Neste momento, não temos essa idéia... Não é verdade."

As ações da Citic Securities e do Bear Stearns caíram cada uma cerca de 40 por cento desde 22 de outubro, quando ambas as instituições anunciaram planos para investimentos de 1 bilhão de dólares em cada e a formação de uma joint-venture no setor bancário da China.

"O formato do acordo original continuará basicamente o mesmo", dissde Kong. "Acontece que apenas os preços mudaram e os ajustes os tornarão mais razoáveis."

O Bear informou na semana passada que as negociações entre as instituições continuam.   Continuação...