Economia do Brasil cresce 5,4% com maior investimento desde 1996

quarta-feira, 12 de março de 2008 11:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - A economia brasileira cresceu 5,4 por cento em 2007, ano em que os investimentos tiveram a maior expansão desde 1996. Para analistas, o dado mostra que o país está se preparando para aumentar o chamado PIB potencial, enquanto a demanda interna mantém-se aquecida.

Apenas no quarto trimestre, o Produto Interno Bruto cresceu 1,6 por cento em relação ao trimestre imediatamente anterior e 6,2 por cento frente ao mesmo período de 2006, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Economistas consultados pela Reuters previam expansão de 5,3 por cento no ano e de 1,3 por cento na comparação trimestral.

No ano, a indústria cresceu 4,9 por cento, o setor agropecuário avançou 5,3 por cento e o setor de serviços teve expansão de 4,7 por cento.

A formação bruta de capital fixo --uma medida dos investimentos-- avançou 13,4 por cento, a taxa mais alta desde o início da série histórica do IBGE.

O dado "mostra um sentimento muito positivo do empresário, porque é um tipo de investimento que não tem retorno de curto prazo", afirmou Fábio Knijnik, estrategista do BES Investimentos.

"Isso aumenta também a capacidade de crescimento potencial. Aumentam as chances de que o PIB cresça mais do que 4,5 por cento."

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, destacou que os investimentos permitem expansão sem pressões inflacionárias. "A economia cresce de forma robusta e equilibrada... eu acredito que dá para manter o crescimento de 2007 em 2008", disse a jornalistas.

O consumo das famílias avançou 6,5 por cento em 2007, o quarto ano seguido de crescimento. A expansão, segundo o IBGE, foi "favorecida pela elevação de 3,6 por cento da massa salarial dos trabalhadores em termos reais e pelo acréscimo de 28,8 por cento no saldo de operações de crédito para as pessoas físicas".   Continuação...

 
<p>O presidente brasileiro, Luiz In&aacute;cio Lula da Silva, em imagem de arquivo. A economia brasileira cresceu 5,4 por cento em 2007, ano em que os investimentos tiveram a maior expans&atilde;o desde 1996. Photo by Daniel Aguilar</p>