FMI vê riscos da crise de crédito piorar

quarta-feira, 12 de março de 2008 15:17 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - A crise global de crédito pode se intensificar e bancos centrais do mundo precisam estar prontos para considerarem uma maior diversidade de ações para proteger a economia, disse John Lipsky, primeiro-vice-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional, nesta segunda-feira.

"Agora, há pouca dúvida de que os riscos de nova escalada desta crise estejam aumentando e que ações decisivas serão necessárias para colocar o sistema financeiro global e a economia em terreno mais firme", disse a autoridade do FMI, em nota.

Ele disse que a política monetária sozinha pode não ser suficiente, e todas as opções --incluindo o uso de fundos públicos-- devem ser considerados.