Lula e Sarkozy discutem defesa e exploração de ouro na Guiana

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008 12:34 BRST
 

Por Raymond Colitt

MACAPÁ (Reuters) - Formar uma aliança militar entre a França e o Brasil e combater as atividades ilegais na fronteira brasileira com a Guiana Francesa são os assuntos principais do encontro desta terça-feira entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy, da França.

Lula e Sarkozy também devem dar início à construção de uma ponte ligando o Brasil à Guiana Francesa, território francês na América Latina. A ponte é vista como fundamental para os esforços voltados ao desenvolvimento dessa área de floresta ainda selvagem.

A ponte entre a cidade brasileira de Oiapoque e São Jorge do Oiapoque será a primeira passagem terrestre para a Guiana Francesa, um departamento de além-mar separado do Brasil pelo rio Oiapoque.

Prevista para ser concluída em 2010, a ponte também será a primeira ligando um território europeu às Américas.

Lula pretende ainda discutir a formação de uma aliança militar estratégica com a França, afirmaram assessores do presidente brasileiro. O Brasil volta-se para o país europeu a fim de renovar parte de sua frota de jatos e helicópteros, além de estudar a possibilidade de comprar um submarino da classe Scorpène, avaliado em 600 milhões de dólares.

O ministro Nelson Jobim (Defesa) esteve em Paris, no mês passado, para conversar com Sarkozy e executivos do setor armamentista da França.

"Nosso objetivo é aprofundar essa aliança estratégica", afirmou Marcelo Baumbach, porta-voz da Presidência.

Os dois dirigentes conversarão também sobre formas de combater a mineração e o tráfico ilegais de ouro na região, segundo um diplomata francês lotado em Brasília.   Continuação...

 
<p>O presidente brasileiro, Luiz In&aacute;cio Lula da Silva (direita), e o presidente franc&ecirc;s, Nicolas Sarkozy, em Saint-Georges de L'oyapock, Guiana Francesa. Lula e Sarkozy discutem defesa e explora&ccedil;&atilde;o de ouro na Guiana. Photo by Jamil Bittar</p>