BOLSA EUA-Wall St revê plano do Fed e fecha em queda

quarta-feira, 12 de março de 2008 18:41 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e comentários de analista)

Por Justin Grant

NEW YORK, 12 de março (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em queda nesta quarta-feira à medida que o otimismo com a última iniciativa do Federal Reserve para ajudar o mercado de crédito diminuiu, enquanto os preços do petróleo acima de 110 dólares o barril aumentou as preocupações com os resultados corporativos.

O índice Dow Jones .DJI teve baixa de 0,38 por cento, a 12.110 pontos. O Standard & Poor's 500 .SPX caiu 0,90 por cento, a 1.308 pontos. O Nasdaq .IXIC retrocedeu 0,53 por cento, a 2.243 pontos.

As ações financeiras puxaram os índices um dia após o mercado ter registrado seu melhor desempenho diário em cinco anos. Os ganhos da terça-feira vieram em resposta ao esforço coordenado pelos principais bancos centrais do mundo para ajudar os mercados de crédito que sentiram os danos do derretimento do mercado imobiliário.

A sessão desta quarta-feira abriu em alta mas os ganhos foram devolvidos por dúvidas sobre a eficácia em longo prazo da ação dos bancos centrais.

O petróleo bateu um novo recorde a 110,20 dólares por barril e puxou as ações das empresas de transportes e outras sensíveis aos altos custos de energia.

Mas o foco se manteve no plano liderado pelo Fed de expandir o programa de empréstimos e aceitar uma maior variedade de papéis, incluindo bônus de hipotecas que perderam seu valores com o estouro da bolha imobiliária.

"Um audacioso movimento do Fed não resolve todos os problemas e questões", disse Georde Yared, vice-presidente de investimento no Yared Investment Research.

"As pessoas estão tentando avaliar como o movimento do Fed irá ajudar os resultados corporativos e levar os bancos a voltarem a fornecer empréstimos", afirmou.