Sarkozy acena com transferência de tecnologia militar ao Brasil

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008 16:11 BRST
 

SAINT-GEORGES DE L'OYAPOCK, Guiana Francesa (Reuters) - A França considera transferir tecnologia militar ao Brasil, especialmente para submarinos, helicópteros e aviões de combate como o Rafale, afirmou nesta terça-feira o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em entrevista conjunta com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Eu disse ao presidente brasileiro que sobre a questão dos submarinos, estamos prontos para que um dos submarinos Scorpene seja fabricado no Brasil. Em relação a caças e helicópteros, estamos prontos para organizar transferências de tecnologia para que helicópteros e aviões de combate, especialmente Rafale, sejam feitos no Brasil", disse o presidente francês.

Um porta-voz da Dassault Aviation, fabricante do Rafale, evitou comentar a proposta de Sarkozy. Ele assinalou, entretanto, que o construtor aeronáutico já tem "uma tradição de grande cooperação com o Brasil e que está disposto a estudar os desejos de seu cliente".

Os submarinos Scorpéne são fabricados pelos estaleiros públicos franceses DCNS, nos quais o grupo de eletrônica de defesa Thales detém 25 por cento.

Sarkozy salientou que a França deseja que as transferências de tecnologia integrem uma "parceria global" e não se limitem apenas a equipamentos militares.

Segundo integrantes da comitiva francesa, as discussões estão em curso entre Paris e Brasília e serão integradas à "parceria estratégica" que Nicolas Sarkozy pretende assinar com o Brasil ao fim do ano.

(Reportagem de Emmanuel Jarry)