Especialistas da UE discordam sobre aprovação de transgênicos

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008 15:35 BRST
 

BRUXELAS, 12 de fevereiro (Reuters) - Especialistas em biotecnologia da União Européia não conseguiram chegar a um acordo na terça-feira para autorizar dois produtos geneticamente modificados, um tipo de soja e outro de algodão, repassando a decisão para ministros da Agricultura da UE, disse a Comissão Européia.

Os dois produtos são comercializados pelo grupo alemão BAYG.DE, que pediu aprovação da UE para importação e processamento para uso geral em alimentos e ração animal.

Eles não seriam para cultivo em terras européias.

Especialistas que representam os 27 governos nacionais da UE não conseguiram alcançar o consenso necessário sobre o sistema de votação do bloco, explicou a Comissão Européia em comunicado.

Segundo as leis da UE, o caso vai agora para os ministros do bloco para uma decisão final.

Se os ministros não conseguirem tomar uma decisão dentro de três meses, a Comissão --braço executivo da UE-- normalmente emite sua própria autorização.

(Por Jeremy Smith)