Bematech prepara duas novas aquisições na área de software

segunda-feira, 12 de maio de 2008 14:40 BRT
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - Depois de anunciar nesta segunda-feira a compra dos ativos da produtora de software de automação comercial Bios Blak, a brasileira Bematech prepara "pelo menos" mais duas aquisições para este ano, de acordo com o presidente da empresa, Marcel Malczewski.

Segundo ele, em entrevista à Reuters, a Bios Blak é a quarta aquisição da empresa na área de software, dentro da estratégia da empresa de fornecer ao mercado equipamentos de automação comercial com softwares integrados.

A Bematech tem adotado um modelo baseado no desempenho futuro para estabelecer o valor do negócio. Por isso, das três aquisições já concretizadas, em apenas uma delas -- a Gemco -- o desempenho ficou abaixo do acordado e, por isso, parte do valor não foi transferido aos antigos acionistas.

Além da Gemco, a Bematech já incorporou a Rentech e a C&S, todas de nichos específicos de software para máquinas de automação comercial.

No caso da Bios Blak, cujo carro-chefe é o software Snack Control, o mercado atendido é o de franquias de restaurantes e lanchonetes.

Segundo Malczewski, "o mercado de softwares para restaurantes no Brasil é muito pulverizado" entre pequenas empresas. A receita da Bios Blak, de acordo com o executivo, foi cerca de 2,5 milhões de reais em 2007, informou.

De acordo com o presidente, todas as compras têm sido feitas em dinheiro e com os recursos disponíveis em caixa. "A abertura de capital já teve esse objetivo", afirmou, referindo-se à entrada da empresa no Novo Mercado da Bovespa em abril de 2007, quando captou algo como 400 milhões de reais.

Todas as compras devem seguir o modelo do desempenho futuro para o pagamento e de um plano de 100 dias para integração. Ele explicou que a Bematech até pode avaliar outras empresas de hardware, "mas a predominância (do interesse) ainda é software", destacou.   Continuação...