Equador compra 24 aviões da Embraer por US$280 milhões

segunda-feira, 12 de maio de 2008 16:22 BRT
 

QUITO (Reuters) - O Equador pagará cerca de 280 milhões de dólares por 24 aeronaves fabricadas pela Embraer, afirmou o ministro da defesa do país, Miguel Carvajal, nesta segunda-feira.

O acordo chega com as tensões do Equador com a vizinha Colômbia se prolongando acerca de uma incursão militar e é uma das maiores aquisições militares do país em uma década.

"O custo dos aviões mais o treinamento... é em torno de 280 milhões de dólares", disse Carvajal à Reuters. "A idéia é financiar em 10 anos... ainda estamos negociando alguns detalhes".

O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou que planeja reforçar a força aérea do país para proteger suas falhas fronteiras com a Colômbia depois que a vizinha atacou um campo guerrilheiro rebelde dentro do Equador.

A incursão de primeiro de março chegou a levantar a ameaça de guerra por um breve período. O Equador cortou relações diplomáticas com Bogotá, e as tensões entre os dois países permanece.

Um conflito armado entre os dois vizinhos é muito improvável, segundo especialistas.

Carvajal afirmou que o governo deseja renovar armamento militar antigo para melhorar as capacidades defensivas e que a aquisição "não é uma corrida armamentista com nossos vizinhos". (Reportagem de Alonso Soto)