Confiança do consumidor dos EUA melhora mais que o esperado

sexta-feira, 12 de setembro de 2008 11:07 BRT
 

NOVA YORK, 12 de setembro (Reuters) - A confiança do consumidor dos Estados Unidos inesperadamente saltou no início de setembro, atingindo o maior patamar em oito meses, já que a queda dos preços dos combustíveis amenizou os temores de inflação, segundo uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira.

O índice Reuters/Universidade de Michigan ficou em 73,1 na leitura preliminar de setembro --o maior nível desde janeiro--, ante 63,0 em agosto. Foi a maior alta mensal desde janeiro de 2004.

A leitura ficou acima da previsão de analistas ouvidos pela Reuters de 64,0.

O componente de expectativas de inflação em um ano caiu para 3,6 por cento na leitura de setembro, ante 4,8 por cento em agosto.

(Por Steven C. Johnson)