Governo cria fundo soberano com superávit primário

segunda-feira, 12 de maio de 2008 19:02 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier e Mair Pena Neto

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta segunda-feira a criação do fundo soberano do Brasil, cuja principal fonte de financiamento será o superávit primário do setor público.

Segundo ele, o objetivo do fundo é "apoiar a internacionalização das empresas nacionais no exterior".

Perguntado se o fundo somaria 20 bilhões de dólares, como já havia dito o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e o próprio Mantega, o ministro da Fazenda foi enigmático: "Parece, mas nem tudo que parece é."

"O funding do fundo soberano é basicamente o primário", acrescentou.

"O fundo terá reservas orçamentárias e fiscais, poderá ter reservas de valor e primárias e poderá fazer operações no exterior."

Segundo notícias publicadas neste final de semana na imprensa, o governo estaria pensando em aumentar o superávit primário deste ano dos atuais 3,8 por cento para cerca de 5 por cento e direcionar os recursos extras para o fundo.

O ministro irá detalhar o funcionamento do fundo em entrevista coletiva na terça-feira, prevista para 15h.

A criação do fundo foi apenas oficializada nesta segunda-feira, uma vez que o governo já havia antecipado tais planos, mas isso não poupou a medida de críticas.   Continuação...